O procedimento é simples e indolor: o paciente engole naturalmente uma cápsula com cerca, dentro da qual existe uma câmera capaz tirar duas fotos por segundo. As imagens são transmitidas para um cinturão preso ao paciente.